0

Alfaces em garrafas

A crescer
Estas alfaces têm crescido muito.Recebem muita luz solar e são regadas com regularidade.Improvisei agora um sistema para não ter que estar sempre a regá-las.Meia garrafa de plástico com tampa e com um gotejador, que encaixei em cima da primeira garrafa e que vai largando gotas de água, para que eu não tenha que estar sempre a preocupar-me com a rega.
A espreitar
Entretanto, fiz mais um conjunto de cinco garrafas, mas desta vez optei por semear outras espécies.Aqui já vem o manjericão a espreitar.

0

Regresso à produção de forragem

Forragem
Quando perdi os gansos e as galinhas, parei com a produção de forragem verde.Na altura, já tinha o sistema completamente implementado, mas sem animais suficientes para a devorar, não fazia sentido continuar a produzir os tabuleiros de forragem e a desperdiçar dinheiro.Com o crescimento das novas galinhas e porque quero que se habituem desde cedo a comer a forragem, voltei à sua produção.
Aquilo que tinha dito aqui, acerca da qualidade das sementes mantém-se, este último saco de trigo que comprei vem muito sujo e em breve terei que improvisar uma peneira e também ficar mais atenta à marca dos cereais que compro.
Forragem
Actualmente, já tenho todo o procedimento estruturado, tenho esta estante de madeira com oito tabuleiros devidamente furados e com uma altura em cada prateleira de modo a que a água dos tabuleiros de cima vá para os de baixo, sem que eu tenha que fazer algo para isso.Diariamente, apenas tenho que colocar as sementes que deixei de molho no dia anterior no tabuleiro vazio, e despejar a água nos tabuleiros de cima duas vezes por dia.Com a temperatura e a luz que tenho na estufa consigo obter um tabuleiro de forragem por dia que serve de alimento a 16 aves, não em exclusividade, já que complemento com alguma mistura de cereais, mas que reduz significativamente o valor gasto na alimentação delas.

0

Trabalhos no monte

Estufa
Nos últimos dias tenho passado bastante tempo na estufa.Estou a preparar as próximas sementeiras para a horta.Tenho que agradecer à minha amiga S. pela quantidade enorme de garrafas vazias que me tem arranjado, dão imenso jeito.Com a informação que encontro no livro Como Cuidar da Sua Horta Mês a Mês estou já a preparar o que vou plantar lado a lado.Gosto da ideia de misturar legumes com flores, era algo que o meu avô fazia e aparentemente funciona, vamos ver.Por exemplo, o livro aconselha a colocar junto ao feijão de trepar, a capuchinha e a plantar dálias, cosmos, bocas-de-lobo, zinias entre outras junto aos legumes para atrair insectos polinizadores.
O que me preocupa na horta são as ervas daninhas, nascem como se o Mundo fosse acabar e depois perco imenso tempo a eliminá-las.Estou a ponderar usar tela em algumas partes da horta.

1

Alfaces na estufa

Alfaces
No outro dia no Pinterest deparei-me com esta ideia.As alfaces que tenho na horta pouco têm crescido e pensei como seria o seu crescimento desta forma na estufa.Esta ideia acaba por ser muito prática já que, apenas regamos a primeira alface.Como temos que fazer um furo em cada tampa, depois acaba por funcionar como um sistema de rega gota a gota.Já me aconteceu regar num dia e no dia seguinte ainda estarem a cair gotas para as outras garrafas.Falta agora perceber se as alfaces crescem mesmo e quanto tempo demoram a ficarem prontas para consumir.Resumindo, precisamos de 5 garrafas de plástico vazias (eu utilizei garrafas de água) em que cortamos um círculo no fundo de forma a encaixar as outras garrafas e para regarmos mais facilmente a do topo e um rectângulo na lateral.Depois temos que fazer um furo na tampa com a ajuda de um prego ou de um parafuso e de um martelo.Eu utilizei ainda uma sexta garrafa que cortei pela metade para recolher a água da primeira garrafa e para esta não cair para o chão.Depois é só colocar terra e plantar as alfaces e claro regar com regularidade.

As minhas garrafas estão atadas à prateleira para não cairem.É algo que qualquer pessoa pode fazer, mesmo morando num apartamento, com a ajuda dos filhos também se torna uma actividade interessante.