O Pu e o Ão

Monte
No início deste novo ano e após alguns dias sem percorrer aquele caminho deparámos-nos com dois canitos abandonados numa zona florestal dividida por uma estrada com algum tráfego.O abandono de animais é revoltante, mas esta situação em particular chocou-me pelo local do abandono.A probabilidade de sobrevivência era muito baixa, o fim passaria ou pelo atropelamento ou pela fome e desidratação.
Naquele dia seguimos em frente, revoltados e tristes por não termos no carro absolutamente nada que fosse comestível.
No dia seguinte preparei um farnel canino, levei tigelas e água e até uma manta velha.Estávamos decididos a dar-lhe algum conforto e assim que parámos o carro, um deles aproximou-se logo de nós, e fez-nos uma festa tão grande que até parecia que era nosso.O outro mais tímido, aproximou-se mas não deu tanta confiança.Quando destapei o farnel, a fome era tanta que não houve tempo para colocá-lo nas tigelas e o tamanho da sede chocou-me.Olhámos uns para os outros e percebemos que não podíamos deixá-los ali, onde já estariam há vários dias no local onde o seu dono os deixou e sempre na expectativa que este os viesse buscar.
Monte
O filho mais velho entrou no carro e um dos canitos entrou também.O outro estava assustado, mas com jeito lá se conseguiu e não tardou a aninhar-se no colo que lhe calhou.Vários dias passaram desde esse dia, as peles encheram-se e já não há costelas à vista.Eles estão bem, têm muito espaço para correr, enchem-nos de festas e lambidelas.Ainda procuram o antigo dono, quando alguém passa na estrada lá vão eles cheirar, depois correm para nós.Apesar de todos os indícios de abandono, ainda investiguei, não fossem andar perdidos.Pois.

De um momento para o outro ganhámos mais dois canitos.

Digo ao meu filho mais velho:

-Quando te perguntarem quantos cães tens, diz que tens alguns.😉

Por favor, não abandonem os animais.

2 thoughts on “O Pu e o Ão

  1. Pobrezinhos! Ainda bem que passaram naquele sítio, assim os cãezinhos ganharam amigos novos. Sim, a mim também me revolta a crueldade das pessoas e também nunca consigo passar indiferente quando vejo um animal abandonado. Os nossos dois tb são connosco, porque alguém não os queria mais. Melhor para nós!😉 amigos desses são ainda mais fieis😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s