Este parto

foi difícil.Já o esperava.Felizmente e dada a intensidade das contracções foi-me administrada epidural desde o primeiro instante.Sem ela, não sei como seriam as 12 horas que se seguiram.A última hora foi mesmo muito exigente, durante vários dias senti-me completamente sem forças.Durante quatro dias as minhas horas de sono andaram entre as meias horas e as horas, com muitas tarefas pelo meio.As habituais visitas à nossa casa tiveram que ser adiadas e houve quem se chateasse.Falta-me paciência para estas pessoas.

Aos poucos retomo a vida normal, mas ainda não me aventurei a conduzir.Ainda preciso de muito descanso, mas encanta-me este bébé que começou agora a ter horários fixos e já me deixa descansar mais um pouco.Gosta de tomar banho e estando a mãe por perto, tudo está bem.Aproveito todos os momentos a sós para o encher de beijos.Com os manos por perto, há que ser mais moderada.O filho mais velho está encantado, a filha tem alguns momentos em que se sente um pouco.Tenho tentado compensá-la e no fim-de-semana fiz-lhe uma manicure e uma pedicure como nem a mim mesma fiz, com direito a verniz e muitas flores nas unhas.Nestes momentos alegra-se, percebe que o lugar de princesa não lhe foi tirado.

Anúncios

6 thoughts on “Este parto

  1. Sempre ouvi dizer que nas primeiras 2 semanas após o nascimento não se deve fazer visitas pois a mamã precisa de descanso e que esses momentos são para a família mais chegada.

    Calculo que andes cansada e não te preocupes com o que os outros pensam mas contigo e com a tua família.

    Daqui a pouco já vais estar como nova!!!

    Beijo grande

  2. :)) Esquece os outros. Diz-se sempre que têm dois trabalhos. Zanguem-se e “deszanguem-se”. Fico muito feliz por saber que tudo vai retomando as rotinas no reinado da pequenada! E a princesa, qualquer dia, fica com a veia de mãe, e depois é ela que quer tomar conta do mano mais novo. E sim, enche-o de beijos. Aproveita cada minuto, desse tempo em que eles são só nossos!

  3. estamos muito felizes por vocês 🙂
    ainda bem que aos poucos estás a recuperar e a rotina a instalar-se 🙂
    a princesa da casa será sempre a princesa e o empreendedor não tarda estará a negociar o aluguer dos seus brinquedos ao mano mais novo 🙂

    nunca entendi a sofregidão em querer tudo ver (e pegar!) um recém-nascido acabadinho de chegar a casa e esquecer a mãe (e o pai) e que é preciso o núcleo familiar “conhecer-se” primeiro. Esquece os outros.

    beijinhos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s