No dia

em que cheguei a casa vinda da maternidade, tinha à minha espera mais uma perda.Uma das nossas galinhas tinha morrido.Porquê não sabemos, às vezes acontece por sinal.

Bem, depois tivemos que contar ao nosso filho.Esperei pior.Prometi-lhe que comprávamos outra.O pai achou melhor não, o mais certo é que a nova residente não fosse bem aceite pelas outras galinhas.Mesmo assim, mãe e filho estavam decididos.

E agora pensando bem, eu só arranjo lenha para me queimar, não tenho emenda.Então no dia x lá fomos os três à feira mensal escolher a nova residente.O pai tinha saído e só voltaria passado umas boas horas.

O filho encantou-se por uma franga branca e preta, ainda nova, mas muito bonitinha.Trouxemos-a então numa caixa.A reacção das nossas galinhas não podia ter sido pior, incharam o peito e começaram todas a bicar a bichinha.Ficamos desolados e foi então numa tentativa de a apanhar que o filho abre a porta e zás, a franga na rua.

Temi por ela.Prendi as cadelas e depois de várias tentativas para a apanhar decidi pedir reforços.O meu pai voou para cá e finalmente conseguiu apanhá-la.Decidimos dá-la a uma pessoa amiga que tem mais espaço e outras condições e onde ela pode ter mais qualidade de vida. 

No fim o meu filho já dizia:

-Não gosto nada desta galinha, é muito fujona!

E pronto, em dias bons estamos reduzidos a 3 ovos diários, mas o normal são 2 todos os dias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s