É urgente uma mana!

Da troca de experiências que tenho com outras mães, desde muito cedo que descobri que em comparação com outros meninos da mesma idade, o meu filho é muito diferente.Não passam de isso mesmo: comparações, porque nunca tive pretensões de que ele fosse desta ou daquela maneira.Aceito-o e gosto dele como ele é.

Não gosta de brincar sozinho, tem que ter sempre ali alguém a fazer-lhe companhia, para que possa dizer:

– Queres ver eu fazer isto? Queres?
– Olha eu aqui a fazer isto. Olha!

Não gosta de ver televisão, não conhece o Noddy, nem o Ruca, nem os outros todos de que por aí se fala. No máximo imita aquele anúncio: “Tinoni, tinoni, tinoni…é uma menina!”

Adora rua, a bicicleta e o triciclo e especialmente fazer disparates como mandar tudo o que encontra para o quintal do vizinho, despejar os detergentes para dentro da máquina de lavar (no outro dia foram só uma embalagem de detergente do chão, uma para as lãs e preparava-se para se agarrar a uma de 2 litros de amaciador da roupa), correr atrás das cadelas com a vassoura, coisas assim…que no momento me metem os cabelos em pé e que depois me fazem rir (mesmo quando temi pela minha máquina de lavar roupa, cheia de espuma no tambor e felizmente sem roupa).

– Queres brincar com os legos?
– Vamos ler um livro?
– Quero escrever. A mãe faz um gato e uma flor.

Quando regressou à escolinha, esboçou um grande sorriso, reencontrou os amiguinhos, a sua companhia das brincadeiras.Em casa contenta-se em brincar com a mãe ou com o pai, mas é urgente uma mana.

Está quase.

3 thoughts on “É urgente uma mana!

  1. Como te compreendo, amiga!! É o que dar termos a sorte de criar os nossos filhos numa vivenda e não num apartamento. Habituam-se ao ar livre. A Renata também é assim. Já conhece alguns dos bonecos, mas porque acaba por ter filmes ou mochilas ou lápis ou canetas. Quanto à mana dela, também já está quase. Até eles devem andar ansiosos com a chegada destas novas crianças.

  2. Olha que eu não consegui perceber onde é que o teu filhote é diferente… o meu é assim também, não gosta de brincar sozinho, faz muitas tropelias e ri-se (agora descobriu a expressão do espanto, quando te mostras espantada “o que?” e ri-se muito muito, e , não gosta de tv mais que 2 minutos. Agora aprendeu a abraçar e volta e meia abraça-me a perna e fica assim. Penso que sim, ele precisaria dum irmão/irmã mas também fico contente secretamente por ele “curtir” imenso brincar connosco! LOOLLll
    Bjinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s