O meu pai

Mal o vê, pára tudo o que estiver a fazer para o abraçar e beijar.Agarra-o ao colo e faz umas graças para ele se rir.Limpa-lhe as lágrimas mesmo antes delas cairem e é para ele tudo o que não foi para nós. Elimina as regras e por momentos instala-se a anarquia, normalmente interrompida por um grito de mãe.Os olhos brilham como que pedindo para o tempo parar.Eu rio-me e sorrio-me com a mudança.
Ele é um pedaço de mim e eu sou um pedaço dele…do meu pai e gosto de o sentir feliz.

Foto daqui.

Advertisements

6 thoughts on “O meu pai

  1. SEi que não era suposto, mas fez-me chorar.
    Fiquei cheia de saudades do meu pai. Já não o vejo há 11 anos e nem sei se algum dia ele vai vir a conhecer esses seus netos. quem sabe?
    beijos

  2. Que engraçado. Não és a primeira que vê um pai sisudo e comandante a derreter-se com um neto. 🙂 Já me contaram vários episódios desses. Muito lindo. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s